Blog

Relato da participação dos Espíritas na Caminhada Luminosa da Paz

A Caminhada Luminosa da Paz realizada sábado, 26.05.2018, transferida de 19.05 devido ao mal tempo. A Iniciativa, muito oportuna pelos momentos difíceis que vivem nosso Estado e nosso País, foi dos Católicos e do Movimento Ecumênico de Niterói do qual participaram Católicos (Raphael Costa Coordenador Arquidiocesano das Pastorais Sociais), Luteranos (bispo Francisco dos Santos), Anglicanos (Reverendo Daniel Rangel) e Igreja Batista Portas Abertas (Pastor Eduardo Ohana) que junto com Igreja Ortodoxica fizeram parte da Semana de Oração pela Unidade Cristã. O movimento interreligiodo foi convidado a participar da Caminhada. Tomamos conhecimento da Semana de Oração e comparecemos na sua abertura na Igreja Santuário das Almas e visitamos a Igreja Luterana, antes, no dia do encerramento da mesma por não podermos participar deste fechamento. A Caminhada teve um momento de abertura no MAC com 300 pessoas ~ entre religiosos e autoridades municipais. Pelos Católicos falaram Dom José Fco Dias Arcebispo e Dom Luiz Ricci Bispo Auxiliar. Além dos citados acima e nós, falou tb Tereza Cristina Bernardes da Brahma Kumaris. Nós falamos das campanhas da FEB (Federação Espírita Brasileira) pela Paz, e em Defesa da Vida ou seja contra as Drogas, o Suicídio, o Aborto e a Violência. Explicamos também quanto a destinação do Brasil, sob a ótica dos espíritas, de ser o Coração do Mundo e a Pátria do Evangelho. Lemos a página "Na Tarefa da Paz" do livro Palavras de Vida Eterna e cantamos a música Paz pela Paz do Nando Cordel com ajuda de uma gravação. Um conjunto musical de aprendizes tocou músicas significativas entre as falas dos expositores. Falaram tb a primeira Dama Sra Fernanda Sixel da organização Niterói mais Humana e o Vice Prefeito Axel Grael. Após a cerimônia de abertura foram distribuídas e acesas velas simbolizando as palavras Luminosa e a Paz presentes no nome da Caminhada. A frente da caminhada foi um trio elétrico onde ficaram além de um conjunto musical, os representantes dos segmentos religiosos presentes que ao longo da caminhada falaram tb fazendo referências a Gandhi, Luther King, Tutu e claro a Jesus. Nós cantamos a música espírita Fraternidade (Nossa união...) A Caminhada deu uma parada no monumento a Juíza Patricia Acioli vítima da violência, no início da Praia de Icaraí, onde crianças colocaram flores. Foram realizados vários pai nossos e minutos de silêncio pelos diversos tipos de violência e discriminação: à mulher, às crianças, a religiões, às diferenças de género por exemplo, às minorias e etc O evento foi iniciado no MAC e encerrado na Igreja São Judas Tadeu no final da Praia de Icaraí em ambas as situações foi cantada a música de Francisco de Assis. Vale ressaltar a característica interreligiosa e de união do evento responsável pelo seu sucesso. Observamos a presença de banners e camisetas identificando os diversos segmentos religiosos e suas ações pela paz como a pastoral carceraria. O evento foi gravado e talvez transmitido ao vivo pelos católicos e coberto pelo O Fluminense.

Paulo Sérgio Peixoto representando as Áreas de Relações Externas do 38o Conselho Espírita de Unificação de Niterói 38o CEUNIT e do Conselho Espirita do Estado do Rio de Janeiro -CEERJ.


46 - NA TAREFA DA PAZ ... "A minha paz voz dou...(Jesus) João 14:27 Todos ambicionam a paz. Raros ajudam-na. Que fazes por sustentá-la? Recorda que a segurança dos aparelhos mais delicados depende, quase sempre, de parafusos pequeninos ou de junturas inexcedivelmente singelas. Não haverá tranqüilidade no mundo, sem que as nações pratiquem a tolerância e a fraternidade. E se a nação é conjunto de cidades, a cidade é um agrupamento de lares, tanto quanto o lar é um ninho de corações. A harmonia da vida começará, desse modo, no íntimo de nossas próprias almas ou toda harmonia aparente na paisagem humana será sempre simples jogo de inércia. Comecemos, pois, a sublime edificação no âmago de nós mesmos. Não transmitas o alarme da crítica, nem estendas o fogo da crueldade. Inicia o teu apostolado de paz, calando a inquietação no campo do próprio ser. Onde surjam razões de queixa, sê a cooperação que restaura o equilíbrio; onde medrem espinhos de sofrimento, sê a consolação que refaz a esperança. Detém-te na Tolerância Divina, e renova para todas as criaturas de teu círculo as oportunidades do bem. Reafirma o compromisso de servir, silenciando sempre onde não possas agir em socorro do próximo. Ao preço da própria renunciação, disse-nos o Senhor: - "A minha paz vos dou"... E para que a paz se faça, na senda em que marchamos, é preciso que à custa de nosso próprio esforço se faça a paz em nós, a fim de que possamos irradiá-la, em tudo, no amparo vivo aos outros. Página de Emmanuel piscografada por Chico Xavier retirada do livro Palavras de Vida Eterna.


http://www.febnet.org.br/blog/geral/noticias/campanha-de-oracao-pela-seguranca-publica/

http://www.ofluminense.com.br/pt-br/cidades/caminhada-luminosa-pela-paz


Archive
“A Doutrina Espírita é ciência que trata da natureza, origem e destino dos Espíritos, bem como suas relações com o mundo corporal.”

Allan Kardec

Av. Francelino Barcellos, N.333  
Piratininga, Niterói, RJ  24350-057

gepar@gepar.org.br

GEPAR

Grupo Espírita Paz, Amor e Renovação

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon
  • Branco Ícone Google+

+55 (21)  3026-5831

 +55 (21)  3617-0320

+55 (21) 99191-0824 Administração

+55 (21)  3492-9451 Bazar, Cantina, Livraria

© 2017 por Taís Messas. Criado orgulhosamente com Wix.com